O Metalúrgico #698

24 de janeiro de 2023

Índice:

-ANO NÃO SERÁ FÁCIL, TEMOS MUITO A RECONQUISTAR;
-Empresário na Baixada Santista é um dos principais suspeitos de ataques terroristas;
-BRAGANTINA e SERCAL - Somente com mobilização é que vamos conquistar direitos;
-ELEVATEC - Sindicato exige depósito mensal do FGTS;
-RECADO IMPORTANTE;
-Sindicato oferece o local ideal para seu evento;
-Zé Protesto;



ANO NÃO SERÁ FÁCIL, TEMOS MUITO A RECONQUISTAR

O ano de 2023 começa com a perspectiva de reconstrução do país onde o desmonte causado nos últimos quatro anos pelo governo Bolsonaro atingiu consideravelmente toda a população com ataques aos direitos dos trabalhadores há muito conquistados.


Sabemos das dificuldades que enfrentaremos e por isso precisaremos de mais disposição para a luta. Temos que ter consciência que o momento exige a participação de todos.


Prepare-se, a Campanha Salarial vem aí


E o melhor exemplo disso é a participação de todos os trabalhadores nas empresas metalúrgicas e de funilaria e pintura que têm data-base em 1º de abril, nas reuniões e assembleias que vão ter início com a Campanha Salarial 2023.


Não podemos aceitar qualquer mudança sem discussão e muito menos qualquer merreca de aumento. Vamos discutir e definir nossas reivindicações na assembleia que será realizada em breve.


Precisamos estar preparados para enfrentar o chororô dos patrões. Precisamos estar organizados na queda de braço com o sindicato patronal. Precisamos estar unidos e juntos com o Sindicato para encarar os obstáculos que virão.


E a participação de todos com unidade, mobilização e organização será fundamental para garantir direitos e ampliar as conquistas



Empresário na Baixada Santista é um dos principais suspeitos de ataques terroristas

No dia 08 de janeiro em Brasília (DF) golpistas apoiadores de Bolsonaro e financiados por vários grupos empresariais invadiram e depredaram o Congresso Nacional, o Palácio do Planalto e o Supremo Tribunal Federal.


A ação terrorista dos golpistas foi por não aceitar o resultado do segundo turno das eleições realizada no dia 30 de outubro de 2022 e que elegeu Lula presidente. Essa turma defende a volta dos períodos mais sombrios do Brasil pedindo intervenção militar, fechamento do STF, ou seja o retorno da ditadura militar.


Entre esses milhares de “patriotas” ou “cidadãos de bem” que quebraram bens públicos na capital federal, encontramos um “velho conhecido” do Sindicato. Um empresário do ramo metalúrgico na Baixada Santista que liderou vários bolsonaristas radicais numa viajem pra Brasília. Para a Polícia Federal ele é um dos principais suspeitos de financiar os atos terroristas.


Esse “patriota” , responde à vários processos por ataques aos direitos trabalhistas e por sonegação de impostos, inclusive usa a mesma prática da família Bolsonaro colocando bens em nome de “laranjas” para impedir a penhora.


É urgente punir e prender quem invadiu e os que financiaram e planejaram as ações golpistas ocorridas não só no dia 08 de janeiro, mas todas as que atentam contra o resultado das eleições e as liberdades democráticas duramente conquistadas pela classe trabalhadora.



BRAGANTINA e SERCAL - Somente com mobilização é que vamos conquistar direitos

As empresas EBMont (Bragantina) e Sercal fecharam o Acordo Coletivo com o Sindicato depois da paralisação dos trabalhadores.


Os trabalhadores conseguiram reajuste de 8,5%, ou seja, acima do INPC de novembro que foi de 6,49%. Além disso, o Vale Alimentação de R$ 485,00 e mais o café da manhã no valor de R$ 9,00 p/ dia. Algumas funções tiveram um ajuste nos salário e para finalizar a Participação nos Lucros e Resultados (PLR) de R$ 1.500,00.



ELEVATEC - Sindicato exige depósito mensal do FGTS

A empresa atrasou o pagamento do 13º Salário e os trabalhadores aprovaram o Estado de Greve de imediato. No mesmo dia a Elevatec efetuou o pagamento.


Os trabalhadores organizados garantem seus direitos.


FGTS - O Sindicato enviou ofício para a empresa exigindo o depósito mensal do Fundo.


Caso a empresa não de um retorno à solicitação do Sindicato, os trabalhadores vão paralisar as atividades.



RECADO IMPORTANTE

Ser sócio do Sindicato é um direito seu. É um passo muito importante para fortalecer a luta em defesa dos seus direitos e garantir suas conquistas. Se você ainda não é sócio, pegue a ficha de sindicalização com os diretores do Sindicato na distribuição do boletim ou vá até a sede ou subsedes do Sindicato. Você também pode solicitar pelos telefone 3226-3575 ou 98216-0145.



Sindicato oferece o local ideal para seu evento

O Sindicato dos Metalúrgicos da Baixada Santista oferece na sede em Cubatão (Rua Cidade de Pinhal, 91 - Centro - Tel.: 3361-1431), um local ideal para seu evento. Recepções de casamentos, aniversários, reuniões e eventos em geral. Além disso, tem espaço para fazer aquele churrasco com a família e os amigos. Em breve estaremos oferecendo outro espaço na subsede de Guarujá, (R. Cap. Alberto Mendes Jr. 515 - Vicente de Carvalho - Tel.: 3386-3237. Associados do Sindicato têm preço especial para locação.



Zé Protesto

“Zézinho, meu patrão fornece marmita e não paga o Vale Alimentação. Tá certo isso?”

- Não, a Convenção Coletiva de Trabalho prevê o fornecimento do Vale Refeição no valor de R$ 33,50 p/dia e proíbe oferecer marmita. O patrão sabe disso.

--

“Zé, cheguei 15 minutos atrasado e o patrão mandou eu voltar pra casa. Queria saber se isso está certo.”

- Não tá certo não, o Acordo Coletivo prevê 30 minutos de tolerância semanal.

--

“Zé, quando vou receber o aumento salarial este ano? ”

- A data-base dos trabalhadores em metalúrgicas é 1º de abril. Fique atento que em breve tem início a Campanha Salarial. E o principal: participe!

--

“Zé, queria saber por que não recebo o Vale Transporte? ”

- O Vale Transporte é garantido por lei. Apresente um comprovante de residência na empresa solicitando o benefício e caso a empresa não forneça, denuncie pro Sindicato.

+ boletins