O Metalúrgico #473



Trabalhadores precisam ir à luta. Reformas só trazem prejuízo

As reformas trabalhista e da Previdência propostas pelo governo e apoiadas pelos patrões, causarão grandes perdas para os trabalhadores. O projeto que ataca direitos modificando a legislação trabalhista e que agora está em andamento no Senado Federal, provocará a precarização da força de trabalho, a informalidade e o aumento da desigualdade social.

Além de não ser discutida com a classe trabalhadora, esse desmonte das leis trabalhistas se for aprovado, fará prevalecer o negociado sobre o legislado e, na situação de desemprego que enfrentamos atualmente, ficará difícil para o trabalhador exigir qualquer direito.

Esse ataque do capital ao trabalho vai tornar mais flexível o salário e a jornada de trabalho favorecendo somente o patrão. Ou seja, o trabalhador terá seu poder de negociação enfraquecido e será obrigado a aceitar qualquer merreca que for oferecida.

Governo e patrões alegam que a CLT está totalmente irreal para a situação atual. Só que, se está ruim para o trabalhador com a legislação dos anos 40, imagine sem. E o que melhora a situação é o desenvolvimento do país, com investimentos e não alterações nos direitos dos trabalhadores.

Por isso é necessário que os trabalhadores se organizem e fortaleçam seu sindicato, a única trincheira de luta da classe trabalhadora e a forma mais eficiente de conquistar e garantir seus direitos. Acorda peão!!!


Lutar x Perder

De início você combina aquele jogo com os amigos e marca o dia para se encontrarem.

No dia, você e seus amigos colocam a camisa do time do coração e vão lá torcer. Se ganhar, é só felicidade. Mas se perder, não tem conversa.

Agora, assim como numa partida de futebol, estão em campo, de um lado direitos e conquistas dos trabalhadores. Do outro, propostas de reformas (Trabalhista e da Previdência),que retiram direitos adquiridos com muita luta há décadas. Ou seja, é Lutar para manter os direitos contra Perder conquistas de anos.

O time dos trabalhadores está escalado com o sindicato, organização, mobilização, luta, conquista e vitória. Já o adversário, vem com o governo, patrões, pelegos, precarização, pressão e assédio moral.

Como numa partida de futebol que lota estádios, está na hora dos trabalhadores participarem do seu sindicato, sua trincheira de luta, para enfrentarem os ataques aos direitos que estão aí com as reformas propostas pelo governo com apoio dos patrões.

Nesse jogo é preciso estar preparado. Combine com seus colegas de trabalho e participe das chamadas do Sindicato porque, nesse jogo, quem faz a diferença é o conjunto dos trabalhadores.

Participe das reuniões e assembleias do Sindicato. Com certeza você saíra feliz também.



Acontece cada uma: LEFC causa constrangimento em trabalhadores

O Sindicato está convocando uma empresa do setor portuário para discutir várias irregularidades que estão ocorrendo com sua contratada, a LEFC.

A contratada está praticando dispensas sem motivos e, para piorar, sem a formalização correta da demissão. A empresa impede a entrada dos trabalhadores e propõe que os mesmo permaneçam em seus lares aguardando serem chamados. E sem vencimentos.

O Sindicato informa que se a contratante não resolver esse impasse,tomará as devidas providências com ação na Justiça contra a mesma.

Eletrotécnica LS: Sindicato recorre de sentença

Os processos de insalubridade e periculosidade contra a Eletrotécnica LS foi dado como procedente, mas parcialmente.

O Sindicato já recorreu.

Você sabia?

- que as negociações dos acordos e convenções coletivas serão realizadas diretamente com o patrão?

- que os contratos poderão ser por horas trabalhadas, ou seja, tem trabalho você é chamado, não tem, fica em casa sem ganhar nada?

- que, caso haja trabalho, poderá ser estendido até 12 horas?

- que a proposta vai tirar a responsabilidade da empresa na ida e na volta do trabalho?

- que diminuirá o intervalo para refeição de 01 hora para 30 minutos?

- que poderemos ter o retorno do banco de horas?

- que as férias poderão ser parceladas em até 03 vezes?

- que mulheres grávidas poderão trabalhar em ambientes insalubres?



Dia 18/07 tem eleição da CIPA na Coimbra

Os trabalhadores da Coimbra tem um compromisso muito importante no próximo dia 18. É eleição da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA) que acontece no horário das 8h30 às 17h, na rua Amador Bueno, 447 (setor de RH).

A CIPA é um importante instrumento de luta dos trabalhadores na busca por melhores condições no ambiente de trabalho priorizando a saúde e a segurança de todos os envolvidos.

Participe!

 ___

Saiba o que é Limbo Jurídico

+ boletins